<strong>O peregrino Joshua</strong>

O peregrino Joshua

Joshua é uma coluna com publicação semanal às quintas-feiras no Jornal Diário Regional e aos sábados no Jornal Folha do Mate.

Nela Rafael Lovato trata de temas cotidianos vivenciados por um velho peregrino, no início do século passado.

A série "O peregrino Joshua" está sendo publicada pela Editora Zap Book, e contará com ao menos 7 volumes, e que podem ser comprados no site www.zapbook.com.br

11 outubro 2012

Nada a dizer

O peregrino Joshua deixara Feliz da Serra para trás. No ocaso da luz solar, chegou ao vilarejo de Paiol Grande, e se encontrava muito mais cansado do que o normal.

Não sabia se era fadiga das peregrinações, da vida solitária ou de si mesmo. Apesar de seguir em frente e acreditar no que entregava às pessoas, ultimamente crescia em seu imo uma dificuldade em passar tranquilidade e compreensão aos semelhantes. Creditava tal acontecimento ao fato de sentir que um vulcão tentava romper através de seu peito, deixando sua alma inquieta. Isso, certamente, era oriundo de seus pensamentos, que vagavam por seu passado, invariavelmente trazendo lembranças de sua família há muito perdida. Tentava se alegrar ao lembrar-se deles, e, normalmente, conseguia. Mas, às vezes, melancolia se instalava.

Caminhando pelas ruelas do vilarejo, escutando o bater das asas do anjo pousado em seu ombro, consumia-se por dúvidas e sobre o que faria de sua vida dali para diante. Então, escutou um homem, que se encontrava sentado na varanda de uma casa na beira da estrada, cantarolar com sua viola:

Precisamos acordar e olhar a nossa volta. Vivemos nossas vidas unidos em Deus, e o tempo é todo nosso. O vento sopra o amor no ar. Acorde! Olhe a sua volta! Amanha nascerá o sol novamente, e brilhará sobre tudo. Não estamos perdidos, a felicidade é toda nossa. Basta acreditarmos.

Joshua parou no meio da estrada, escutando o final da canção, e o homem falou:

– Bonita essa musica, não é mesmo? O que o senhor achou?

Joshua olhou para o homem e deu um passo na sua direção.

– Meu amigo, há muito não escutava palavras tão verdadeiras.

O homem gargalhou.

– A la pucha! Já gostei do senhor. Sente aqui e cante uma música sua!

Joshua se aproximou da varanda, e, pedindo licença, sentou-se ao lado do homem, que comentou:

– O amigo parece muito cansado e abatido. Mas, nada que uma sopa bem quente não resolva. Fique para jantar conosco! – E o homem gritou. – Mulher! Vamos ter companhia para a janta!

Joshua ajeitou a bengala entre os joelhos.

– Muito agradecido.

– De nada. E que música o amigo canta?

Joshua olhou para o homem.

– Meu amigo, nesta vida, há dias nos quais, por vários motivos, nada possuímos de bom ou construtivo para falar. Chega a parecer que nossa vida não mais possui sentido. Mas, não devemos nos alarmar. Muito menos sair concatenando palavras vazias. A verdade é que, justamente em momentos como esses, para reencontrarmos harmonia, basta silenciarmos e ouvirmos o que os outros têm para nos falar. Invariavelmente, reencontraremos nossas próprias e verdadeiras palavras – homem abriu largo sorriso e bateu os dedos na viola, ao som de um acorde. Joshua concluiu, olhando em seus olhos. – Se o amigo não se importar, hoje, prefiro somente ouvir.

O homem arregalou os olhos.

– Mas é pra já. Música é o que não falta nessa casa! – E recomeçou a tocar a viola e cantarolar.

Enquanto ouvia as músicas do violeiro, Joshua refletia. Não se lembrava de uma noite melhor nos últimos anos. Sentia o cansaço, ao som das melodias da viola, aos poucos, ir embora, acalmando sua alma.

 

"16" comentários em: Nada a dizer

  1. Rafael - 27 de novembro de 2014

    Via FACEBOOK
    Grace Oseki
    Adoro o Joshua!! Ele vem com as estórias certas para os momentos mais precisos!! Adorei! Parabens!!

    • Rafael - 27 de novembro de 2014

      Que bom ouvir isso Grace, beijos!

  2. Rafael - 22 de novembro de 2014

    Via FACEBOOK
    Daisi Godoy
    Adorei.emocionante e verdadeiro….parabéns , bj!

    • Rafael - 22 de novembro de 2014

      Beijos Daisi

  3. Rafael - 22 de novembro de 2014

    Via FACEBOOK
    Ruthe Pereira
    Que lindo …

    • Rafael - 22 de novembro de 2014

      Beijos Ruthe!

  4. Rafael - 21 de novembro de 2014

    Via FACEBOOK
    Heloiza Averbuck
    Que belo texto , meu querido amigo Rafael! 🙂

  5. Rafael - 21 de novembro de 2014

    Via FACEBOOK
    Eliene Lima
    Verdade, meu querido Rafael. Ouvir música acalma a alma e faz bem ao coração. Texto maravilhoso…amei!!

    • Rafael - 21 de novembro de 2014

      Beijos ELiene

  6. Rafael - 21 de novembro de 2014

    Via FACEBOOK
    Jerônimo Mendes
    Muito bom, Rafael. Parabéns, sucesso, sempre! 🙂

    • Rafael - 21 de novembro de 2014

      Abraço Jerônimo!

  7. Rafael - 12 de outubro de 2012

    Via FACEBOOK
    Alfredo Silva
    Muito bom…

  8. Rafael - 11 de outubro de 2012

    Bjão Rejane!

  9. Rafael - 11 de outubro de 2012

    Via FACEBOOK
    Rejane Rosa Rosa
    BOAS LEITURAS E TEXTOS NOS ALEGRA SEMPRE..!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *